Inbound Marketing 1×1: definindo o caminho da conversão

Inbound Marketing 1x1: definindo o caminho da conversão

Inbound Marketing 1x1: definindo o caminho da conversão

O processo pelo qual um novo visitante do site se torna um lead – o caminho que os leads seguem – é chamado de caminho de conversão. Ele forma o início da geração de leads. É assim que os leads são criados – eles são a força motriz por trás do inbound marketing

 

Porque somente quando os visitantes do site se tornam leads você pode analisar seu potencial, alinhar seu marketing às suas preferências e assim conquistar novos clientes. 

 

Idealmente, esses leads se convertem em oportunidades em clientes e, idealmente, em promotores. Leia este artigo para descobrir o que você deve saber sobre os quatro elementos do caminho de conversão.

 

Definição do caminho de conversão

Um caminho de conversão é um processo de várias etapas no qual os visitantes do site se tornam leads, os leads se tornam clientes e os clientes se tornam fãs. Esse caminho que os prospects seguem consiste em atração repetida, saudação, captura e transferência para a próxima fase.

 

O pré-requisito: reconhecer os problemas do cliente

A geração de leads é uma das tarefas diárias do marketing. Aqueles que se comprometeram com o inbound marketing até colocam esse objetivo em primeiro plano. Mas como você traz leads reais para sua própria empresa? Isso requer conhecimento do cliente e opções de análise. Essa é a única maneira de antecipar o comportamento deles e planejar o caminho até a sua empresa. 

 

Quatro elementos formam os guarda-corpos deste caminho: 

 

  • Um conteúdo útil
  • Uma chamada para ação
  • Uma página de destino também 
  • Uma página de agradecimento 

 

Todos os quatro acompanham o contato digital assim que os leads chegam ao seu site por meio de conteúdo útil. Ao final do caminho de conversão, o visitante do site recebe acesso ao conteúdo anunciado em troca de seus dados e, assim, se torna um lead. 

 

1. O conteúdo como guia

Para direcionar leads para o negócio, você precisa de conteúdo valioso – de valor para suas personas de comprador. É, portanto, também o foco do inbound marketing: 

 

A análise dos clientes desejados leva a ofertas personalizadas de aconselhamento, informação e ajuda. Nenhuma empresa pode implementar esse método sem uma estratégia de marketing de conteúdo bem pensada. 

 

Somente se você fornecer conteúdo relevante para suas personas de comprador, elas visitarão seu site. Uma oferta de conteúdo é, portanto, sempre o primeiro elemento de um caminho de conversão. Isso significa todo o conteúdo que você publica em seu site e blog. 

 

Um novo visitante do site geralmente chega ao seu site e, portanto, oferece uma oferta de conteúdo específica por meio de resultados de mecanismos de pesquisa, mídias sociais ou recomendações. Isso pode ser, por exemplo, um artigo de blog específico que está atualmente abordando seu grupo-alvo em sua situação.

 

Além do conteúdo que você já oferece ao visitante no artigo, você deve considerar qual conteúdo adicional pode oferecer a ele. Uma lista de verificação ou um white paper mais extenso sobre o assunto, por exemplo, funcionam bem.

Leia também: email profissional grátis

 

2. O apelo à ação como uma faísca

Depois de fornecer aos visitantes do seu site uma oferta de conteúdo valiosa, você precisa criar uma chamada para ação (CTA). É o gatilho para a próxima ação do lead; é o sinal que abre o primeiro passo do caminho de conversão. 

 

Em termos práticos, um CTA é um botão (ou link) que os visitantes clicam para baixar a oferta. Na melhor das hipóteses, esse CTA é projetado e incorporado à postagem do blog que trata de um tópico adequado à sua oferta. A conversão real dos visitantes do site em leads começa com o CTA.

 

3. A página de destino como um comitê de boas-vindas

Por fim, clicar no CTA leva seu visitante a uma página de destino. Aqui, os detalhes de contato dos visitantes do seu site são registrados com a ajuda de um formulário, em que o conteúdo cobiçado é liberado para download em troca. 

 

A página de destino e o formulário também devem ser projetados. Por fim, a página espelha uma recepção direta aos novos leads que estão convertendo no momento.

As questões legais também podem ter uma certa importância para o design.

 

Ao enviar o formulário de contato, a conversão real está completa e você transformou um visitante do site em um lead através do caminho de conversão. Sua equipe de vendas agora pode usar os dados inseridos pelo seu lead para entrar em contato com o lead.

 

4. A página de agradecimento como uma conclusão convencional

Mesmo que você já tenha conquistado um novo lead na etapa anterior, uma página de agradecimento é a extremidade certa de um caminho de conversão. Seu visitante será direcionado para este site separado assim que ele enviar o formulário de detalhes de contato.

 

Aqui você agradece o interesse do lead. Você faria isso automaticamente com cada troca na vida analógica – em feiras, ao visitar clientes, em uma loja. Portanto, é importante expressar essa convenção de agradecimento também online. 

 

Além disso, seu estilo pessoal online e, claro, outros CTAs podem ser colocados nas Páginas de agradecimento, com as quais sua persona de comprador pode passar para a próxima fase de sua jornada do cliente – a jornada até o cliente.

 

Conclusão

O caminho de conversão descreve as etapas da jornada do cliente potencial ao cliente. Esse processo consiste em atrair, acolher, capturar e transferir cada lead. Com uma boa estratégia de conteúdo como base, os quatro elementos de um caminho de conversão são fáceis de criar e têm um impacto ainda maior. 

 

Eles formam o início e a base de uma jornada otimizada do cliente. Eles são uma tática da estratégia de inbound marketing. Com eles, os leads indispensáveis ​​são conquistados.