Veja como fazer um estúdio de música caseiro – Dicas e ideias!

estúdio de música caseiro

estúdio de música caseiro

Para fazer um estúdio de música caseiro dentro de casa é preciso de alguns materiais e também de um investimento inicial. Caso contrário, você não conseguirá executar com êxito a sua ideia e pode ser que o estúdio não fique tão bom assim.

No entanto, mesmo que você não tenha dinheiro ou não queira investir pesado no estúdio caseiro, é possível fazer algumas coisas de maneira artesanal. Isto é, usando materiais que você tem em casa e que ajudam na hora de criar um ambiente concentrado para o som.

Assim sendo, neste artigo você vai aprender mais sobre o assunto. Veja dicas e ideias de como fazer um estúdio de música caseiro na sua casa ou onde for.

Mais em Tecnologia

Como fazer um estúdio de música caseiro

Para aprender como fazer um estúdio de música caseiro em casa você precisa de:

  • Ambiente reservado.
  • Espuma acústica nas paredes.
  • Revestimentos nas janelas.
  • Só os equipamentos necessários.
  • Placa de “no ar” na porta.
  • Cuidado com os ruídos brancos.

Para entender mais sobre cada uma das dicas acima, continue lendo e saiba mais sobre como fazer um estúdio de música caseiro.

Ambiente reservado

Antes de mais nada, você precisa de um ambiente reservado para fazer o seu estúdio de música caseiro. Essa é uma das requisições mais importantes, pois a escolha do local impacta diretamente na quantidade de dinheiro que você vai gastar para deixar o espaço, de fato, isolado acusticamente.

Por isso, escolha um ambiente que fique longe das áreas comuns da sua casa, como a cozinha ou a sala de estar. Esses ambientes geralmente têm conversa alta e por isso você terá mais dificuldades de isolar o som.

De preferência, o espaço também não pode ter uma parede para a rua – ou até mesmo uma janela. Caso contrário, será muito comum que o isolamento acústico precise de mais proteção para o som de fora não entrar.

Com um ambiente mais retirado e isolado ficará mais fácil para fazer todos os outros processos de criação de um estúdio de música caseiro.

Espuma acústica nas paredes

A segunda etapa para criar o seu estúdio de música caseiro é o isolamento das paredes com espuma acústica. Isto é, você terá que comprar espuma acústica para o seu estúdio caseiro, de maneira que o ambiente fique isolado de dentro pra fora e de fora pra dentro.

A espuma acústica é uma das compras mais importantes de todas, pois é isso que vai garantir a qualidade do som na hora de gravar as músicas. A espuma acústica protege o som de ruídos e concentra o som no microfone. Isto é, a qualidade fica profissional e você pode até mesmo ganhar dinheiro com estúdio de música caseiro – gravando para outras pessoas.

Tem dois tipos de espuma acústica que você pode colocar na parede. As espumas anti chama, que são melhores e garantem mais segurança, e as espumas comuns. Ambas têm a mesma qualidade acústica, embora a antichamas seja mais recomendada para garantir a segurança do espaço.

Outros tipos de espuma também podem ser colocadas na parede, como espuma de colchão. Mas a estética não vai ficar tão legal – embora a função seja a mesma.

Revestimentos nas janelas

Não é só nas paredes que você deve fazer um revestimento acústico. É preciso revestir, também, as janelas. Assim você garante que o vidro não “engane” e deixe algum ruído externo entrar.

A melhor dica para revestir janelas acusticamente é trocar a lâmina de vidro por uma lâmina acústica. Assim você pode ter uma janela iluminando o espaço com luz natural, sem precisar cobri-la com espuma acústica.

No entanto, se não tiver outro jeito, você terá que cobrir a janela com espuma acústica. Por isso, uma boa ideia para estúdio caseiro é dividir o espaço em dois. Faça a divisão com parede de PVC (drywall) e faça o isolamento acústico somente nessa área em si. Essa área não precisa ter janelas e a janela pode continuar aberta no lado de fora da área de gravação.

Só os equipamentos necessários

Em um estúdio de gravação caseiro você não pode ter outros equipamentos, se não apenas aqueles básicos que são fundamentais na hora de captar os sons. Afinal, quanto mais equipamentos no espaço, mais são as chances de gerar ruídos desnecessários.

A exemplo dos computadores: eles são importantes, mas a CPU pode gerar muito barulho e por isso você vai ter um espaço totalmente desconfortável e inadequado para a gravação. Isso pode aparecer na hora de captar!

Placa de “no ar” na porta

A placa de “no ar” é um charme, mas que fica legal, fica! Por isso, essa é mais uma dica estética do que necessariamente fundamental para um estúdio de música caseiro. Você pode pendurar uma plaquinha bem legal na porta para indicar que naquele momento você está em gravação. Se você mora sozinho, a placa não é útil. Mas se você mora com mais pessoas, o charme estético se torna realmente útil e fundamental.

Afinal, é um aviso visual de que ninguém pode entrar no estúdio naquele momento e que a gravação está em andamento.

Cuidado com os ruídos brancos

Os ruídos brancos são imperceptíveis ao “ouvido nu”. Por isso, você precisa tomar muito cuidado para que eles não apareçam na gravação. Isto é, cuide com o ruído do ar-condicionado, de CPUs de computadores e coisas do tipo.

Quanto mais você cuidar para não aparecer ruídos brancos na gravação, melhor para o estúdio de música caseiro.

Como fazer estúdio de música caseiro sem dinheiro

Você pode aproveitar o que você tem em casa. Como por exemplo, caixa de ovo para fazer o isolamento acústico. Essa é uma boa alternativa caso você não queira comprar espuma acústica ou outros materiais mais caros para deixar o estúdio pronto.

Com o passar do tempo e com mais trabalhos entrando, então você pode investir em equipamentos melhores e você vai melhorando o seu trabalho de pouco em pouco. Mas no começo, não precisa!

Anote as nossas dicas e ideias de como fazer um estúdio de música caseiro e boa sorte no processo!