Belos Chapéus Masculinos

belos chapéus masculinos

Belos Chapéus Masculinos | Olá, meus compadres! Como vocês estão? Espero que estejam todos bem, pois eu estou bem. Prontos para o nosso artigo (quase) semanal? Dessa vez resenharemos sobre os variados estilos, modelos e preços de chapéus masculinos. Onde e quando eles podem ou devem ser utilizados?

E onde é melhor evitar? Quais são as lojas que vendem tal acessório por preços razoáveis? E a mais importante pergunta: qual o melhor tipo de chapéu para mim? Responderei todas essas perguntas logo mais! Vocês me acompanham nessa jornada, meus amigos? Então, vamos lá! Confira mais detalhes em nosso site.

A utilização de chapéus ao longo da História

Desde épocas longínquas, o chapéu tem sido utilizado como adorno ou proteção para a cabeça. Falando em proteção especificamente, os capacetes medievais ou contemporâneos podem ser considerados formas alternativas de chapéus. Em épocas antigas, os chapéus denotavam regras de etiqueta e também à qual classe pertencia cada pessoa, e foi assim até que os chapéus deixaram de ter tal uso e simplesmente transformaram-se em adornos ou proteção contra os raios solares e o calor.

Com o passar do tempo, fomos vendo como os chapéus foram mudando e se redesenhando. Na época medieval, eram comuns modelos grandes, chamativos e caros, mesmo os utilizados por mulheres. Na atualidade, os chapéus convencionais foram trocados (em sua maioria) por bonés, que são mais simples, práticos e possuem basicamente a mesma função dos chapéus.

Se pararmos pra notar, veremos que a utilização dos chapéus caiu muito e apenas pessoas com idade avançada ou com trabalhos específicos continuam a utilizá-los (o que é uma pena). Mas não estamos aqui para discutir isso, ok?

Como de costume (ou quase), colocarei algumas imagens de variados modelos e estilos diferentes de chapéus e logo abaixo de cada foto (quando eu julgar necessário), colocarei uma breve descrição ou curiosidade sobre o mesmo. Vamos lá?

Exemplos de Belos Chapéus Masculinos

Chapéu Fedora

chapeu-fedora
Chapéu Fedora

Chapéus Fedora é um dos estilos mais famosos e conhecidos do mundo. Bastante utilizado e renomado por ser um ícone na época dos gangsters norte-americanos e em época anteriores, como os anos 30 e os anos 20, o chapéu Fedora possui um design bem característico, com a aba na parte da frente ligeiramente mais alongada e caída e com a aba nas partes traseira e laterais um pouco levantadas.

Cada simples detalhe ajuda a contribuir bastante para o estilo muito bonito, agradável e interessante do chapéu Fedora e todas essas características são essenciais para que o mesmo seja utilizado até os dias de hoje, porém em clara menor quantidade do que nos tempos antigos.

Chapéu Homburg,

chapéu-homburg
Chapéu Homburg

É considerado um “primo” do mesmo e por muitas vezes, é utilizado em situações e ocasiões semelhantes. Feito principalmente de palha ou pele de pequenos animais, o chapéu Homburg é uma boa escolha para ocasiões formais relacionadas à negócios ou trabalho, principalmente.

O estilo do chapéu em si é bem parecido com o estilo do Fedora, possuindo a protuberância característica, porém a diferença está na aba, que não é ligeiramente caída de um lado e elevada do outro, sendo no Homburg padronizada e possuindo o formato de “prato” por todos os lados.

Chapéu Pork Pie

chapeu-pork-pie
Chapéu Pork Pie

Possui uma aba mais estreita do que os modelos Fedora e Homburg e essa aba, por toda a extensão dela, é ligeiramente levantada nas extremidades e também possui uma protuberância menor e reta no seu ponto mais alto, transformando-o assim em um modelo único e fácil de ser identificado.

O nome “Pork Pie” significa, literalmente, “torta de porco” e tal nome deriva do formato do chapéu, que por possuir uma protuberância menor, lembra uma torta mesmo. Bryan Cranston, o Walter White da série Breaking Bad, tornou-se famoso por utilizar o chapéu Pork Pie (foto acima).

Chapéu Panama

chapeu-panama
Chapéu Panamá

De origem equatoriana, o chapéu Panama é feito de palha sobreposta e em proporções, é bem semelhante os chapéus Fedora e Homburg. Originalmente, tal modelo era feito exclusivamente de um tipo de planta e árvore equatoriana, porém a rápida popularização e o mercado mundial acabaram demandando que outros materiais fossem utilizados na produção do Panama.

Obviamente, ainda nos dias de hoje, o chapéu Panama ainda é bastante utilizado no seu país de origem, porém cada vez menos homens aderem ao acessório, o que é uma pena, pois é um belíssimo e estiloso chapéu para qualquer ocasião.

Chapéu de cowboy

chapeu-de-cowboy
Chapéu de Cowboy

Tão tradicional no Brasil e também nos Estados Unidos, porém pouco ou quase nada utilizado fora desses dois países, o chapéu de cowboy é comumente visto no Brasil em festas populares ou festas específicas com essa temática, com rodeios e afins. Geralmente são feitos de couro e por vezes palha e possuem variadíssimos modelos e estilos, indo desde os chapéus mais simples até os bastante decorados e cheios de itens. O chapéu de cowboy possui um formato bem singular, fazendo com que seja visto e reconhecido de longe.

Conclusão

Não importa se você curte usar um boné ou um chapéu tradicional, meu amigo: o importante é você utilizar algo que seja de seu gosto. Não vá pela moda ou pelas tendências, vá pela sua cabeça e pela sua vontade! Não importa se o estilo de chapéu que você gosta não está sendo utilizado há um bom tempo. Se você gosta e se sente bem, use-o!

Podem até dizer que os acessórios como os chapéus e os bonés são feitos para deixá-lo “mais estiloso” e “atraente”. Jogue isso tudo no lixo! Siga os seus instintos, as sua vontades e use o que lhe deixa confortável e bem consigo mesmo, ok? O resto é consequência.